" Ninguém é tão grande que não possa aprender e nem tão pequeno que não possa ensinar." Píndaro



quarta-feira, 5 de maio de 2010

Dia do trabalhador - Mecânico
















No passado dia 1 (sábado) comemorou-se o Dia do Trabalhador.
Como já vem sendo habitual, todos os anos costumamos ir visitar um trabalhador de Alpalhão e saber um pouco mais sobre a profissão dele.
Já visitámos alguns: a padaria, a salsicharia, a carpintaria…
Este ano fomos visitar uma oficina (é do Sr. “Chico Zé”, dono do terreno onde está a nossa hortinha).
Gostámos muito, aprendemos imensas coisas. Primeiro aprendemos que uma peça indispensável para um carro andar é a bateria, esta liga a outra peça chamada motor de arranque. Também aprendemos a ver se o carro tem água, oléo e se as velas estão boas.
Ainda tivemos tempo para "tentar" mudar um pneu. É um trabalho muito interessante (são os médicos dos carros), só é um bocadito sujo.
O Sr. Chico foi bastante simpático, até nos deixou "brincar aos condutores", sentámo-nos no carro e fingimos que conduziamos.

Relembrámos ainda a história "Os nove mandriões", escrita por Luísa Ducla Soares.
(Nas férias do Verão passado, dramatizámos esta história na Festa do Dia dos Avós)

Começa quando um varredor de ruas, cansado de limpar o lixo que os outros fazem, resolve abandonar a vassoura e entrar de férias. De seguida, convence o padeiro, o sapateiro, a costureira, o pastor, o aguadeiro, a lavadeira, o pescador e o bombeiro a fazerem o mesmo. E vão todos passear. Tudo parece correr bem para os nove mandriões até que... com o decorrer do dia vão aparecendo situações diversas em que finalmente se apercebem de que todas as profissões são importantes para o bem de todos.

2 comentários:

Fernanda disse...

Parabéns de novo a todas voçês que se dedicam a estas crianças e parabéns a voçês crianças que correspondem a essa dedicação! Como é bonito! Boa semana!

Fernanda disse...

Hoje ao procurar poemas de Rosa Lobato Faria descobri que ela nasceu entre Lisboa e Alpalhao. Dediquei um poema desta escritora aos vossos meninos. Beijinhos