" Ninguém é tão grande que não possa aprender e nem tão pequeno que não possa ensinar." Píndaro



domingo, 2 de maio de 2010

Dia da Mãe


FELIZ DIA DA MÃE

Queremos dedicar este lindo poema a todas as Mães do Mundo, principalmente às nossas Mamãs.

O meu sonho poético

Acordei hoje a sonhar
Entre os versos dum poema,
Sem me poder recordar
O que tinham como tema.

Pouco a pouco procurei
Esse sonho, lentamente
E por sorte o encontrei
De novo na minha mente.

Falava do verbo amar
Com grande convicção,
Como só se pode achar
No mais puro coração.

Dizia que o Maio florido
No primeiro domingo tem
Um evento desmedido,
O adorável Dia da Mãe.

Continuava em poesia
Com letras feitas de luz,
Saudando a Virgem Maria
Mãe do Menino Jesus.

Era um poema especial
Em que se punha também
Um beijinho filial
No rosto de cada mãe.

Homenagem merecida

Que o poeta quis fazer
Àquela santa querida
Que um dia nos deu o ser.

Rama Lyon (retirado do blog Sonhos e Magias)

2 comentários:

Fernanda disse...

Bom dia! Gostei das fotos! Estao muito bem e com um ar feliz! Um resto de bom domingo!

Fernanda disse...

E claro que pode titar o que quiser. Fiquei feliz de ver o poema do Rama aqui e ele tambem vai ficar, mas agora ele esta de ferias com a esposa em Portugal.